domingo, 31 de julho de 2016

Coletânea HOMENS NOTÁVEIS, NOSSOS PAIS





HOMENS NOTÁVEIS, NOSSOS PAIS


Ilustração da capa: Kaká Moreira (Navegantes - SC)


TEMAS / PARTICIPANTES

MEU PAI MEU ÍDOLO!
Chico Luz

SEM LIMITES PARA AMAR
Solange Colombara

ALEXANDRE JASA
Wilson de Oliveira Jasa

MEU PAI
A MAIOR SAUDADE DO CORAÇÃO
PAI E FILHO
Marcos Horto

MEU PAI, MEU HERÓI, MEU BANDIDO
Washington Santos

CARTA DE UM MENINO
Elza Meirelles Chola

PARA MEU PAI - IN MEMORIAN
Sílvia Palaia

MUG DE FILHO PARA PAI
Ayrton Mugnaini Jr.

AO NOSSO QUERIDO PAI
Caio Cézar

PAI, CHEFE DE FAMÍLIA, HERÓI OU UM REI?
Maria do Carmo Giordano

O BALUARTE DA FAMÍLIA
Por Dênika, Marcus Vinicius e Júnior

BOLO, FESTA E PAPAI
O GERMINADOR DO HERÓI
Morphine Epiphany

DÓ SUSTENIDO
Flora Anita Pereira da Silva

MEU PAI CHRISTOVAM PARRÉ - MINHA ÚLTIMA HOMENAGEM
Rodolfo Penteado Sanches

MEU PAI
Thais Matarazzo

MEU PAPAI, O “ZÉ”
Camila Giudice



Dados técnicos

TÍTULO: Contando Causos
AUTOR: diversos autores
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura P&B. Papel off set 90gr/m².
ILUSTRADO: não
FORMATO: 14 X 21 cm
PÁGINAS: 84
ANO DO COPYRIGHT: 2016
ANO DE EDIÇÃO: 2016
ISBN: 978-85-69167-34-1
EDIÇÃO: 1ª

Coletânea Contando Causos




TEMAS / PARTICIPANTES

CHATO, EU? IMAGINA! E TEM AÍ CINCO REAIS PRA EU IR PRA CASA?
O SAMBA DO BRANQUELO MOÇO
... E NEM PORTA PRA LEVAR NA CARA HAVIA MAIS...
Ayrton Mugnaini Jr.

GALINHA DE ESTIMAÇÃO
A MUSA E O POETA!
Mano Martins

HISTÓRIAS DE TIA NILSE: SAMIRA VAI CASAR
O SOM DAS COISAS. MEMÓRIA
UMA RUA CHAMADA XIMBÓ
Sílvia Palaia

A CACHAÇA
ANTIQUÁRIO
O CAIPIRA E O EMPRESÁRIO
TIO ZÉ IGNACIO
Zé Paulo Medeiros

COMO É DIFÍCIL FALAR COM VOCÊ!
ERA UMA CASA MUITO ENGRAÇADA…
Rodrigo Machado Merli

CAUSOS RADIOFÔNICOS
Josemar Duarte

OS MOVIMENTOS ENGANAM
Maria do Carmo Giordano

MINHA PRIMEIRA LUA
Patricia Cicarelli

SEU AGUINÁCIO, A CASA E O COQUEIRO
InFeto

REPÓRTER AÉREO CAI COM HELICÓPTERO EM SÃO PAULO
Geraldo Nunes

VÓ NENZINHA
Marisa Aurea de Sá Ribeiro

AGRIPINA
Thais Matarazzo


  
Dados técnicos

TÍTULO: Contando Causos
AUTOR: diversos autores
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura P&B. Papel off set 90gr/m².
ILUSTRADO: não
FORMATO: 14 X 21 cm
PÁGINAS: 92
ANO DO COPYRIGHT: 2016
ANO DE EDIÇÃO: 2016
ISBN: 978-85-69167-35-8
EDIÇÃO: 1ª

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Lançamento dos livros CONTANDO CAUSOS & HOMENS NOTÁVEIS, NOSSOS PAIS




Lançamentos Coletâneas Editora Matarazzo - Agosto/2016

Quarta, 10 de agosto - das 19 às 21 horas
Casa das Rosas, Avenida Paulista, 37, São Paulo
Informações: (11) 3991-9506

Biografia de Catulo da Paixão Cearense será lançada em São Paulo



DA MODINHA AO SERTÃO - VIDA E OBRA DE CATULO DA PAIXÃO CEARENSE


No ano em que se completam 150 anos de nascimento e 70 da morte de Catulo da Paixão Cearense, surge a mais completa biografia do nosso poeta, cantor e compositor escrita por Luiz Américo Lisboa Júnior. Com 624 páginas e prefácio de José Sarney, membro da Academia Brasileira de Letras, o livro narra em minúcias a história de Catulo e sua família, desde a trajetória de seu pai Amâncio da Paixão Cearense, no Ceará, Maranhão e Rio de Janeiro, até a morte do poeta em 1946.
Fartamente documentado, pela primeira vez são apresentadas ao público as certidões de nascimento e falecimento de seu irmão homônimo, e a certidão de nascimento de Catulo, pondo fim às especulações sobre a verdadeira data de seu nascimento. O livro traz ainda os documentos que provam as datas exatas da saída de Catulo do Maranhão para o Ceará e sua chegada com a família no Rio de Janeiro.
As relações sociais, literárias e políticas de Catulo a partir do Império, passando pela República Velha até o fim do Estado Novo são minuciosamente narradas, além da sua participação no teatro, na imprensa, no rádio, e sua relação com parceiros, intérpretes, escritores e editores. Catulo, o homem e a obra contextualizados e definidos em seu tempo histórico, como um dos símbolos mais expressivos da cultura brasileira do século vinte.
O livro vem encartado com um CD contendo 114 músicas em gravações originais restauradas, desde 1902 até 1937, no maior levantamento já feito de sua discografia; 97 fotos, muitas inéditas; capas das primeiras edições de seus livros; 33 caricaturas; anúncios de seus livros na imprensa; capas dos LPs lançados sobre sua obra; imagens do seu maior manuscrito já encontrado e outros áudios importantes.
O cantor, compositor e poeta do sertão em plenitude. Sua vida e obra deixam finalmente de serem romanceadas ou folclorizadas, ressurgindo documentada à luz da história.

VAMOS FALAR DO BRÁS? - Coletânea Editora Matarazzo





VAMOS FALAR DO BRÁS? - Coleção "Bairros Paulistanos" - Editora Matarazzo

Este é o segundo volume da série “Bairros Paulistanos” da Editora Matarazzo. O primeiro foi dedicado a Mooca, agora temos histórias, crônicas, realtos, poesias e entrevistas sobre o seu vizinho, o Brás. Um bairro repleto de histórias, tanto do passado como do presente. Nos séculos XVIII e XIX, era uma paragem cheia de chácaras, onde os abastados moradores da pacata São Paulo vinham descansar, caçar, pescar, fazer passeios de barcos pelo rio Tamanduateí etc... Um ambiente puramente rural. No alvorecer do século XX, as chácaras passaram a ser loteadas e iniciou-se a contrução de casas populares para receber os imigrantes, majoritariamente os italianos, que foram trabalhar nas fábricas surgidas no Brás e adjacências. A Pauliceia transforma-se e a zona leste expande-se. O Brás e a Mooca serão o grande portal dessa ampliação na cidade. Na década de 40 chegaram os migrantes nordestinos que deram nova vida e movimento ao bairro. Atualmente, o Brás vive outro momento de transformação: as antigas casas dos imigrantes tornaram-se lojas populares e do grande varejo. Não deixou de ser um bairro que abriga estrangeiros: agora dá acolhida aos bolivianos, coreanos entre outros povos que vem buscar em São Paulo melhores condições de vida e trabalho. Viva o Brás!


TEMAS / PARTICIPANTES
PREFÁCIO por Neide Lopes Ciarlariello
PARTE I - MATÉRIAS, CRÕNICAS, HISTÓRIAS, RELATOS, POESIAS & AFINS
PEQUENO HISTÓRICO DO BAIRRO & ALGUMAS CURIOSIDADES
Thais Matarazzo
O BRÁS NÃO MORREU E ESTÁ SE REINVENTANDO
INSPIRADOR DO “SAMBA DO ARNESTO” MOROU NO BRÁS E NÃO DEU O CANO
Geraldo Nunes
A VALSA “RAPAZIADA DO BRÁS”
Vitória Maria Moreira Marino
“LEMBRAR... DEIXE-ME LEMBRAR!”
Thiago de Menezes
ADONIRAN BARBOSA E O BRÁS
O SERESTEIRO PARAGUASSÚ, O BRÁS E A CHEGADA DO METRÔ
JUCA DO BRÁS
CURIOSIDADES DO BAIRRO
JORNALISTAS PORTA-VOZES DO BRÁS
MILTON GEORGE THAME
EDUARDO CEDEÑO MARTELLOTA
O PARQUE BENEMÉRITO JOSÉ BRÁS
Thais Matarazzo
O BRÁS E O BRASIL
Ayrton Mugnaini Jr.
BRÁS SUAS ESCOLAS E IDENTIDADE
Christian Silva Martins de Mello Sznick
BRÁS, UM BAIRRO ACOLHEDOR DE HISTÓRIAS
Tatiana Silva Martins de Mello Sznick
BAIRRO DO BRÁS
Wilson de Oliveira Jasa
O RODOLFO VALENTINO DO BRÁS
Diego Nunes
NO BRÁS, A MARCA ETERNA DOS MATARAZZO
Everton Calício
DE JOSÉ, BOM JESUS - NOSSO BRÁS
Morphine Epiphany
PARTE II - DEPOIMENTOS & ENTREVISTAS
O BRÁS E EU
Dejanice Marino
NORMALISTAS DO BRÁS
Maria Dolores Oliva Martim
ERAS DOS BONS TEMPOS DE OUTRORA DOS BAIRROS DO BRÁS, PARI E CANINDÉ!,
Adriano Augusto da Costa Filho
DONA ZINA
SONIA KREMER,
AS IRMÃS DULCE FRANÇA E LUCÍLIA GALLUCCI
DOMINGOS CIARLARIELLO
REINALDO SPOSITO
DOMINGOS ZUPPO
MUSTAFÁ CONTURSI
Thais Matarazzo
CIÇA MARINHO,
BRÁS, HÁ TEMPOS ATRÁS
Manoel Fernandes Menendez
MORAR NO BRÁS
Tatiana Silva Martins de Mello Sznick


Dados técnicos
TÍTULO: Vamos falar do Brás?
COLEÇÃO: Bairros Paulistanos
AUTOR: diversos autores
EDITORA: Matarazzo
IDIOMA: Português
ENCADERNAÇÃO: Brochura P&B. Papel couchê fosco 90gr/m².
ILUSTRADO: sim
FORMATO: 15,5 X 23 cm
PÁGINAS: 260
ANO DO COPYRIGHT: 2016
ANO DE EDIÇÃO: 2016
ISBN: 978-85-69167-36-2
EDIÇÃO: 1ª